Postagens populares

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Crônica de um Cúmplice.

É imprescindível o que o ser humano é capaz. Não consigo exprimir em palavras para explicar, admito que a mente elabora incríveis saídas em meio à situações de risco, monta, elabora, formula, planeja, articula, esses são alguns significados da única coisa que o cérebro é capaz para debriar o inimigo.
Os fatos mascarados para esconder a vergonha, incessante promessa da não culpa, embora que as provas provem ao contrário. Não dá para acreditar, mediante os fatos apontados. Imagino a cena do crime, e isso me reduz a um grau que congela todo o meu corpo. Imagino o que foi e o que mais não poderá ser camuflado nestes anos todos e os próximos que virão se assim eu permitir, tudo que havia reduziu-se a nada , tudo que ainda restava acabara naquele exato momento de descoberta. Um crime tão sujo quanto a própria crimonosa, uma pessoa de mente doentia que precisa ser tratada, e que talvez seja uma psicopata. Mas, assim permitirei, serei um criminoso, ocultarei este crime até o fim de minha vida, pelo simples fato de amá-la.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Um ano que vai um ano que vem.

                         Mais um ano que chega ao fim, coisas que passaram, coisas que ainda estão por vir. O ano de 2010 foi um ano de muitas conquistas, e muitas derrotas, mas é assim que deve ser a vida, imagine como seria se não tivésemos que lutar pelos nossos ideiais. Imagine agora como seria nossas vidas se tudo fosse fácil, tudo fosse como muitos querem, não teríamos a emoção, a concentração de adrenalina jogada em nosso corpo quando estamos em uma situação de risco, quando alcançamos a vitória, aquela sensação de paz e de que nosso dever foi cumprido, isso jamais seria sentido pelo ser humano se não houvessem as dificuldades.
                       Portanto, espero que venha 2011 cheio das suas surpresas porque eu, sem dúvidas, estarei aqui esperando para passá-lo assim como eu fiz 27 vezes em minha vida.
                       


  Feliz Natal a Todos!!!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Um chá de te manca com bolachinha de te fraga.

Atualmente em meu trabalho estou atendendo telefonemas, e isso tem me tirado do sério, não pelo fato de atender as pessoas, o que mais me irrita é o número exacerbado de pessoas que ligam achando que trabalho no 102 informações. Poxa, isso é brincadeira né, sinceramente acredito que essas pessoas não conhecem o auxílio à lista, ou que não tenham acesso a internet. Tudo bem ligar para saber o telefone de uma outra repartição, mas agora ligar para saber telefone de hotéis, pessoas particulares, como se eu conhecesse todo mundo, vou saber eu quem é Laurecindo de tal...., isso me irrita, e irrita muitos, por favor pessoal sejam mais cordiais e deixem a preguiça de lado e vão pesquisar e utilizem este recurso de pesquisa em último caso.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Os motivos

Não há vitória sem luta, não há luta sem guerra, não há guerra sem violência, não há violência sem discórdia, não há dicórdia sem a falta de paciência, não haveria falta de paciência se houvesse tolerância..

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Os reis de Roma

Depois de Anco Márcio, um neto da filha de Numa, assumiu o governo. Lutou contra os latinos. Novigésimo quatro ano de seu impréio pereceu de doença. A seguir Tarquínio Prisco tomou o poder. Este duplicou o número de senadores, edificou o circo Romano e instituiu os jogos Romanos. Fez muros e esgotos e inicou o Capitólio. No trigésimo oitavo ano de seu reinado, o rei Ancus foi morto pelo seu próprio filho, daquele ao qual ele próprio havia suscedido.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Dádiva de ser Pai.

Este garotão que vocês estão vendo é meu filho. Jamais poderia imaginar o que era ser pai se não fosse por ele. Cheguei a essa categoria graças a sua vinda a este mundo, aprendi com ele a sentir a sensação de voar, de ser um super herói, um ben-10, coisas que na minha infância não tive, mas que agora estou revivendo novamente. As vezes nos temos uma brigas feias, mas o que seria de nós se não as houvessem, o pedido de perdão não existiria. A responsabilidade de criar um filho é muita, que só sabe quem a tem, dentro destes três anos de experiência de pai, foram muitos sustos, entre convulção, crise de laringite e muitas amigdalites, seguidas de otites, mas tudo isso vale para lembrar o quanto é importante para mim e saber que ali está uma parte de mim. As palavras para expressar o sentido de ser pai não são o suficiente para descrever, para se ter conhecimento somente tendo a experiência.

Quem sou eu

Minha foto
São José do Norte, Rio Grande do Sul, Brazil
Um universitário do curso de letras.